Toshiba lança e-reader que funciona com luz solar


e-Reader da Toshiba que funciona a luz solar

A Toshiba lançou um leitor de livros eletrônicos que é recarregado por meio da luz solar, o Biblio Leaf, segundo o site da revista FastCompany. O produto será vendido no Japão.

Ainda de acordo com a revista, a iniciaitva surge após a empresa ter entrado no mercado dos sistemas fotovoltáicos, que engloba geração de energia por meio da luz solar. A empresa não revelou quanto tempo o aparelho levará para ser recarregado pelo método solar.

De resto, o produto tem funções comuns: tela de seis polegadas com a tecnologia e-Ink, conexão Wi-Fi e 3G, uma caneta stylus, memória de 2 Gbytes e suporte para cartão SD.

Folha.com | TEC | Com informações FastCompany | 22/12/2010 – 16h25

Mercado de livros digitais deve chegar a 1,159 bi de euros em 2014


A Toshiba, um dos fabricantes mais ativos do setor de livros digitais, prepara a apresentação de um leitor similar ao iPad, que será completado por um portal de publicações bibliográficos, o “Book Apraz”. O preço será similar ao iPad. O investimento se justifica. Durante a Feira do Livro de Tóquio, a consultoria japonesa Impress R&D divulgou que o mercado movimentou em 2009 512 milhões de euros em conteúdos e prevê chegar a 1,159 bi de euros em 2014.

O Estado de S. Paulo | 12/07/2010 | Caderno de Economia | B7

Toshiba lança portátil com 2 telas para brigar com iPad e Kindle


Preço deve ser mais alto do que o de um simples leitor, mas segundo a empresa ele oferece mais do que uma experiência de consumo passiva

A Toshiba lançou nesta segunda-feira [21] um computador portátil de pequeno porte equipado com duas telas que pode ser usado como leitor eletrônico. O aparelho, chamado Libretto, coloca a empresa em competição com o iPad e o Kindle. O produto pode ser usado tanto como um notebook convencional com uma das telas servindo como teclado virtual, quanto como leitor eletrônico. Ele estará disponível para comercialização no Japão no final de agosto e, posteriormente, na Europa, Estados Unidos e outros mercados. O Libretto não deve abalar o mercado de leitores eletrônicos no curto prazo, considerando que a Toshiba ainda precisará firmar acordos com provedores de conteúdo. Entretanto, os executivos da empresa ressaltaram que o aparelho, que segundo eles deve ser vendido a 120 mil ienes [1.320 dólares] no Japão –ante 489 dólares do Kindle e 499 dólares do iPad mais barato– oferece mais do que uma experiência de “consumo” passiva. Veja galeria de fotos no site da empresa.

Reuters | 21/06/2010

Toshiba lança portátil com duas telas para brigar com iPad e Kindle


A Toshiba lançou nesta segunda-feira um computador portátil equipado com duas telas que pode ser usado como leitor eletrônico. O aparelho, chamado Libretto, coloca a empresa em competição com o iPad, da Apple, e o Kindle, da Amazon.

O produto pode ser usado tanto como um notebook convencional com uma das telas servindo como teclado virtual, quanto como leitor eletrônico. Ele estará disponível para comercialização no Japão no final de agosto e, posteriormente, na Europa, Estados Unidos e outros mercados.

Toshiba Libretto W100, computador portátil equipado com duas telas usado como e-reader

A Toshiba lançou o W100 Libretto em um evento em Tóquio, que marcou os 25 anos de lançamento pela empresa do primeiro laptop do mundo, em 1985.

A companhia espera que a unidade de PCs, que teve um prejuízo US$ 97 milhões de dólares no ano encerrado em março, atinja o equilíbrio no ano fiscal que terminará em março de 2011.

O Libretto lançado nesta segunda-feira, que também enfrenta forte concorrência da Sony, não deve abalar o mercado de leitores eletrônicos no curto prazo, considerando que a Toshiba ainda precisará firmar acordos com provedores de conteúdo.

Entretanto, os executivos da empresa ressaltaram que o aparelho, que segundo eles deve ser vendido a US$ 1.320 no Japão – ante US$ 489 do Kindle e US$ 499 do iPad mais barato – oferece mais do que uma experiência de “consumo” passiva.

O iPad da Apple provavelmente está criando um novo mercado em termos de consumo de informação, navegação e leitura de livros“, afirmou o presidente-executivo da unidade de produtos digitais da Toshiba, Masahiko Fukakushi. “Mas quando se trata de criação ou de produção. O que estamos fazendo ainda tem muito valor. Queremos continuar fazendo as duas coisas.

A Toshiba é a quarta maior fabricante de notebooks no mundo depois de HP, Acer e Dell.

DA REUTERS, EM TÓQUIO | Folha.com | Tec | 21/06/2010-11h43

Novo Kindle disputará mercado com iPad


A nova versão do Kindle, o leitor eletrônico da Amazon, promete chamar a atenção da indústria ao competir diretamente com o iPad, o tablet da Apple.

Com o lançamento previsto para agosto, o gadget vai apostar nas falhas do concorrente para se firmar como o melhor aparelho de leitura eletrônica da atualidade. O iPad, desde seu lançamento, em abril, vem sendo duramente criticado por causa da dificuldade de ler textos em sua tela brilhante, principalmente em condições de luz natural [durante o dia, por exemplo]. Muitos especialistas afirmam que o tablet compromete a concentração, graças aos seus recursos multimídia.

O novo Kindle deve ser mais fino que seu predecessor e terá uma tela mais nítida do que a atual. O leitor, no entanto, continuará sem tela sensível ao toque e não exibirá imagens coloridas.

Além de competir com o iPad, o aparelho da Amazon também terá de “lutar” contra o Streak, tablet da Dell, e outros dispositivos similares da Nokia, Acer, HP e Toshiba.

Apesar do otimismo, o analista da TechMarketView, Richard Holway, não está tão animado com a chegada do novo Kindle: “A Amazon vendeu dois ou três milhões de aparelhos em alguns anos. A Apple vendeu isso em alguns meses“.

Eu não acho que o Kindle irá morrer, mas ele se tornará um produto de nicho. Pessoas como eu estão dispostas a ler um livro em um minuto e a checar o e-mail em seguida“, completou o especialista.

O Kindle custa hoje 259 dólares [477 reais] nos Estados Unidos, enquanto o iPad sai por 500 dólares [921 reais], em sua versão de 16 GB.

Veja | 05/06/2010 – 13:22