Amazon e Samsung firmam acordo para eBooks


A partir de hoje, usuários da marca coreana podem baixar um e-book grátis por mês

Amazon e Samsung anunciaram um acordo global para lançar a versão exclusiva do Kindle para usuários  Samsung. Com isso, a marca coreana abandona os seus planos de aquisição de conteúdos de e-book e delega à Amazon a tarefa. Uma novidade para usuários Samsung é que, a partir de hoje, eles poderão baixar de graça um título por mês. A escolha é feita entre quatro e-books mensais. Em abril, já estão disponíveis para os brasileiros O Continente – volume 1  [Companhia das Letras], de Érico Verissimo; 1494 [Globo Livros], de Stephen R. Brown; Casei. E agora? [Literata], de Tatiana Amaral e Memorização e aprendizado acelerado [A Arca Livros], de Miguel Angel Perez Corrêa. O aplicativo Kindle para Samsung já pode ser baixado em smartphones e tablets que operam a partir da versão 4.0 do sistema operacional Android.

No comunicado sobre a parceria, Lee Epting, vice-presidente da Samsung Media Solution Center na Europa, disse: “estamos muito satisfeitos em aprofundar nosso relacionamento de longa data com a Amazon e oferecer o Kindle para Samsung como aplicativo perfeito para leitura em um dispositivo inteligente. Com este serviço, demonstramos nosso compromisso de criar e ampliar parcerias de conteúdos-chave que proporcionam experiências ricas e personalizadas para nossos clientes”.

Um dos livros do mês é o 1494, oferecido pela Globo Livros. Para Mauro Palermo, diretor executivo da editora, nessa parceria, todos ganham. “É um ganha-ganha: a editora melhora a exposição do livro em troca da cessão de um título gratuito. É uma ação com a qual a gente acaba tendo uma maior flexibilidade e não há um investimento alto. A Amazon tem sido um parceiro muito eficiente”, comentou Palermo.

Um movimento semelhante, guardadas as devidas proporções, aconteceu em fevereiro, quando a Kobo assumiu os clientes da Sony, logo depois do fechamento da Reader Store, criada pela empresa japonesa.

Por Leonardo Neto | PublishNews | 17/04/2014

A Sony selecionou a Kobo para sua Livraria virtual de eBooks


A Kobo garante que os apaixonados por livros poderão continuar a ler nos eReaders, tablets e smartphones da Sony

unnamed

A Kobo proporcionará aos usuários dos tablets e smartphones da Sony, Reader™ e Xperia®, nos Estados Unidos e no Canadá, o catálogo completo de eBooks, revistas, graphic novels e conteúdo para crianças da Kobo. A partir do fim de março, os clientes da Sony Reader Store e suas atuais bibliotecas de eBooks serão transferidos para a plataforma da Kobo. Pela Kobo, os atuais clientes da Reader Store poderão continuar fazendo compras para encontrar sua próxima grande leitura.

Leia mais

Kobo assume clientes do Sony Reader


Com o fechamento da Reader Store, usuários da Sony migrarão automaticamente para a Kobo

A partir do final de março, usuários do device Reader, da Sony, vão poder transferir seus e-books para a biblioteca do Kobo. Nas semanas seguintes, a comercialização de livros digitais, direta do dispositivo, na KoboStore também entrará em operação. O passo é dado logo depois de a companhia japonesa anunciar o fim das atividades da Reader Store nos EUA e no Canadá, programado para 20 de março.

Por Leonardo Neto | PublishNews | 07/02/2014

Sony lançará aplicativo de e-reader para outras plataformas


A Reader Store venderá livros direto nos dispositivos com Android e iOS, além do PC, que podem ser lidos na tela dos aparelhos

A Sony promete para dezembro o lançamento de um aplicativo para leitura de livros nas plataformas Android e iOS, de acordo com informações publicadas pela empresa em seu site. Desse modo, a Sony segue os passos da Amazon e Barnes and Noble ao oferecer um app complementar ao seu leitor de livros eletrônicos.

A Reader Store, da Sony, vai vender livros direto nos dispositivos com Android e iOS, além do PC, que podem ser lidos na tela dos aparelhos. Assim como os concorrentes, o Reader vai permitir fazer marcações, ajustar o tamanho da fonte e tomar notas nas páginas dos títulos.

O Amazon Kindle, principal concorrente da Reader Store, já está presente em outras plataformas, como Windows, Mac, iPhone/iPod touch, Android e BlackBerry, além dos leitores de e-books Kindle e Kindle DX. A loja de livros da Sony para as plataformas móveis deve estrear ainda em dezembro.

Por Zumo Notícias | Publicado por Portal Terra | 26 de novembro de 2010 • 12h39