Editoria Digital Buqui foca no mercado nacional


Empresa é uma das pioneiras na área e projeta crescimento de 220% no número de publicações

BuquiO mercado de livros digitais cresceu 600% no fim de 2012, com a entrada de grandes players internacionais, como Apple, Amazon e Google. A Buqui é umas primeiras editoras digitais do Brasil. Com publicação de mais de 50 títulos nos últimos oito meses a empresa tem meta de atingir 240 obras em 2013. Disponíveis para leitura em diferentes plataformas [computadores, smartphones, eReaders e tablets], os livros digitais também recebem melhoramentos como a adição de áudio e vídeo.

A Buqui, apesar do pouco tempo de atividade, tem na história mais de 50 anos no mercado editorial e livreiro. Seu fundador, Gustavo Lima, trouxe para a nova empresa as experiências do avô, criador da tradicional Livraria Lima em Porto Alegre e do pai, um dos sócios da editora L&PM, da qual a Buqui é responsável pela produção digital de algumas de suas obras.

– O livro digital é o caminho para uma publicação mais barata, rápida e com acesso universal. Além disso, possibilita a interação e inserção de novos elementos ao tradicional livro impresso – destaca Gustavo Lima.

Responsável pelas obras digitais de autores como Gabito Nunes, Valmor Bordin, Nei Amaral e Sebastião Squirra a Buqui oferece a opção de livros impressos, e em pequenas tiragens. A editora oferece os serviços de pré-produção, produção editorial, registros legais, produção, distribuição, divulgação e pós-lançamento. Os títulos da Buqui estão a venda nas livrarias virtuais da Apple, Amazon, Livraria Cultura, Saraiva, Kobo, Buqui, entre outras. Mais em buqui.com.br.

Companhia das Letras fecha com Amazon


Em nota, Cia. das Letras confirma contrato com a varejista americana

Companhia das LetrasEm nota, a Companhia das Letras anunciou que, “ao lado da iBookstore, da Apple, com a qual começamos a trabalhar no mês passado, e de dez livrarias nacionais – Saraiva, Cultura, iba, Gato Sabido, Travessa, Positivo, Curitiba, Leitura.com, Submarino e Buqui – agora assinamos também com a Amazon, que vai representar mais um canal importante de contato com os nossos leitores”. Ainda em nota, a editora complementa: “O acordo com a Amazon e nossas conversas com outros players internacionais representam mais um passo na expansão do nosso catálogo digital”.

PublishNews | 30/11/2012