Tinder, o vendedor de livros


Ex-bombeiro solteirão escreve livro e aproveita o Tinder para promovê-lo

Printscreen do perfil do autor no Tinder

Printscreen do perfil do autor no Tinder

Tinder, um aplicativo de geolocalização que promove “encontros amorosos”, é o mais novo vendedor de livros no Brasil. É que Bruno Godoi, um ex-bombeiro e solteirão convicto, escolheu a plataforma para divulgar e promover seu livro Solteiro sofre demais [Empíreo, 248 pp, R$ 29,90], o primeiro “BarbaLit Nerd da galáxia”, como o autor define. O mineiro “campeão de matchs” no aplicativo fala que o termo deriva do Lumber Lit [Resultado da equação “Lumbersexual + Lit – Sexual”] e defende que cada “match” é uma oportunidade para conquistar novos leitores. O livro, que está à venda nas livrarias tradicionais, podia ser uma não ficção em que Bruno contasse as suas peripécias no aplicativo, mas trata-se de um romance. Na trama, James Lurex, um professor de literatura, é um boêmio que prefere os bolsos vazios a perder uma noitada.

Por Leonardo Neto | PublishNews | 29/10/2015

Anúncios