Clube Leiturinha lança serviço de assinatura de eBooks


Leiturinha Digital oferece acervo de 500 títulos para crianças de 0 a 12 anos

A Leiturinha, que mantém um clube de assinatura de livros infantis, o Clube Leiturinha, expandiu suas operações e acaba de lançar a  Digital, um acervo de e-books infantis, disponíveis ilimitadamente por meio de assinatura mensal. Para ter acesso ao catálogo com mais de 500 títulos para crianças de 0 a 12 anos, o assinante realiza a sua inscrição e recebe um e-mail com o link para baixar o aplicativo, disponível para tablets com sistemas IOS e Android.  O valor da assinatura mensal é de R$ 12,90. A Leiturinha Digital já possui cerca de 10 mil usuários. A previsão é chegar até o final deste ano com 50 mil e triplicar o acervo atual de títulos. Para obter mais informações sobre o serviço, clique aqui.

PublishNews | 02/06/2015

Jabuti digital


Em evento na noite de ontem, em SP, foram apresentadas as mudanças no prêmio

Na noite da última segunda-feira [1º], foram apresentadas as novidades para a 57ª edição do Prêmio Jabuti. Marisa Lajolo, à frente da curadoria desde a edição passada, destacou a inclusão de duas novas categorias: Livro Infantil Digital e Adaptação. “O território dos livros é um universo sempre composto por mudanças”, ressaltou. E a missão do Jabuti, de acordo com a curadora, é acompanhar essas mudanças, que classificou como “tendências contemporâneas em nível mundial”.

O desembarque do livro digital no mais tradicional prêmio literário nacional será de caráter experimental. Tanto que os livros inscritos nessa categoria não poderão competir a livro do ano. “Estamos fazendo uma inclusão experimental desta categoria. Temos certeza de que surgirão muitas dúvidas no processo e, por isso, optamos por deixar de fora do prêmio de livro do ano nesse momento”, disse ao PublishNews. Para concorrer, o livro digital deve possuir conteúdo textual integrado a elementos multimídia, interativos e hipertextuais. Junto com a ficha de inscrição, o responsável por inscrever trabalhos nessa categoria, deverá encaminhar à Câmara Brasileira do Livro [CBL], idealizadora e promotora do prêmio, um arquivo livre de regras de DRM que impeçam o livre acesso ao livro por meio de pelo menos cinco dispositivos de leitura diferentes.

Já na categoria Adaptação, serão aceitos trabalhos de adaptação de obras publicadas anteriormente, seja por meio de nova redação, seja pela transposição de linguagens, como ocorre nas adaptações de obras literárias para os quadrinhos.

Outras duas mudanças aparecem nesse ano: a junção das categorias Arquitetura e Urbanismo e Artes e Fotografias e a ausência de prêmios entregues em parceria com organismos internacionais de promoção da cultura de outros países, como ocorreu na última edição a categoria Tradução de obras literária Inglês-Português, realizada em parceria com o British Council [em anos anteriores, foram contempladas as línguas francês, espanhol e alemão].

As inscrições de livros nas 27 categorias do prêmio podem ser feitas até o dia 31 de julho pelo site do Jabuti, onde está disponível o regulamento completo da premiação. Os premiados em cada uma das categorias receberão o troféu Jabuti e o valor de R$ 3,5 mil. Os vencedores do Livro do Ano – Ficção e Livro do Ano – Não ficção levarão para casa o prêmio de R$ 35 mil cada, além da estatueta dourada.

Por Leonardo Neto | PublishNews | 02/06/2015