Instituição dá livre acesso a acervo digital


A Fundação Getulio Vargas está investindo na modernização do seu Sistema de Bibliotecas, que integra os acervos físicos – nas cidades do Rio de Janeiro, São Paulo e Brasília – e a nova Biblioteca Digital. Ao longo de quase dois anos, um conjunto de obras e bases de dados foram reunidas para compor um amplo acervo digital, boa parte dele com acesso aberto e gratuito ao público. Para facilitar ainda mais a busca, está no ar a ferramenta Acervo Acadêmico, que permite ao usuário encontrar todas as referências sobre o assunto pesquisado, não só na biblioteca digital, mas também nas físicas. O perfil da Biblioteca Digital é voltado para as áreas de ensino e pesquisa da FGV. O acervo também inclui outras fontes de pesquisa, que são destinadas apenas à comunidade da Fundação, como mais de 10 mil e-books de várias editoras, em diversas línguas, e periódicos científicos do Portal da Capes.

PublishNews | 11/02/2015