Amazon e Hachette entram em acordo


A Amazon e a Hachette finalmente colocaram um ponto final nas suas negociações que se arrastavam desde maio. Desde então, a Amazon tirou os produtos da Hachette da pré-venda, eliminou os descontos nos títulos publicados pela editora e começou a entregá-los com atraso. O acordo anunciado no início da tarde de ontem [13] contempla e-books e livros impressos.

No comunicado, assinado conjuntamente pelas duas empresas, Michael Pietsch, CEO da Hachette, disse que o anúncio é uma ótima notícia para os escritores. “O novo acordo beneficiará os autores. Ele dá à Hachette uma enorme capacidade de ações de marketing com um dos nossos mais importantes varejistas“, disse.

Estamos muito felizes com o novo acordo que inclui a possibilidade de entregar os produtos da Hachette a um preço menor, o que, nós acreditamos, será um grande ganho para os leitores, bem como para os autores“, disse David Naggar, vice-presidente para o Kindle no comunicado.

Pelo acordo, a Hachette terá a responsabilidade de adequar os preços finais para os consumidores. Amazon e Hachette devem retomar imediatamente a normalidade das vendas e os livros da Hachette poderão entrar em promoções. Na prática, a nova medida marca o retorno ao modelo agência, no qual as editoras definem os preços dos livros e a varejista recebe comissão de 30% sobre o valor.

O comunicado, embora coloque um ponto final na pendenga que se arrastava desde maio, não dá detalhes da negociação e nem como as empresas chegaram ao acordo.

Por Leonardo Neto | PublishNews | 13/11/2014

Anúncios