Ação de hackers deixa site de Graciliano Ramos fora do ar


O site oficial do escritor Graciliano Ramos está fora do ar. Segundo os administradores da página, o motivo foi uma ação de hackers, que levou toda a equipe perder um trabalho de 14 anos.

A página hospedava fotos, biografia, lista de obras, artigos e detalhes sobre seu livro mais conhecido, “Vidas Secas”, romance lançado em 1938.

Quem notou a invasão foi a pesquisadora Ieda Lebensztayn, especialista na obra do autor.

Na terça [14], ela havia acessado a página para ler uma entrevista de Graciliano [1892-1953] a Otto Maria Carpeaux, publicada recentemente no livro “Conversas | Graciliano Ramos“, para o qual ela e Thiago Mio Salla reuniram entrevistas, enquetes e depoimentos dados pelo escritor a veículos jornalísticos.

O escritor alagoano Graciliano Ramos

O escritor alagoano Graciliano Ramos

Aparecia uma página preta, com caracteres em árabe e textos em inglês. Eu me assustei“, contou Lebensztayn à Folha.

A pesquisadora disse que não tentou ler a mensagem, com medo de que sua permanência na página também pudesse causar danos a seu computador.

O administrador do site, Albano Martins Ribeiro, disse por e-mail à Folha que está “imerso na solução do problema“.

Agora, quem acessa a página, vê apenas a mensagem sobre o ataque de hackers e a imagem de uma assinatura de Graciliano.

POR GISLAINE GUTIERRE | DE SÃO PAULO | Publicado originalmente por Folha de S. Paulo | 15/10/2014, às 21h33

Anúncios