Autoficção uma ova


O e-book “Delegado Tobias”, que Ricardo Lísias lançou pela e-galáxia, chegou ao topo da lista de livros digitais mais vendidos na Amazon. O livro é apenas o primeiro de cinco volumes de um folhetim virtual do autor. Fragmentada, a trama — na qual Ricardo Lísias é acusado de ter assassinado Ricardo Lísias — brinca com a ideia de autoficção e se alimenta da repercussão na internet e na imprensa [o que significa que esta nota corre o risco de sair do jornal para entrar na literatura].

No Facebook, um perfil com o nome do personagem Tobias foi criado e “ameaçou” tirar o livro das lojas, gerando reações debochadas e indignadas de leitores -devidamente incluídas no volume dois, que sai na quarta [24]. A informação é da coluna Painel das Letras.

Por Raquel Cozer | Folha de S. Paulo | 20/09/2014

Anúncios