Iba desiste dos eBooks


Empresa focará no serviço de assinatura de revistas

O dia está agitado no mundo da leitura digital. Não bastasse o anúncio oficial do lançamento do LEV pela Saraiva, o iba prevê para o final de agosto o fim das comercializações de e-books. A empresa, que integra o Grupo Abril, disse em comunicado que focará seu negócio exclusivamente na venda de assinaturas digitais de revistas, segmento que já conta com 570 mil assinaturas. O iba garante que os leitores de e-books que adquiriram publicações na loja continuarão com acesso integral aos conteúdos comprados por meio dos aplicativos iba, mantendo os mesmos prazos e condições acordados no momento da compra dos produtos.

Por Leonardo Neto | PublishNews | 05/08/2014

Anúncios