10 Dicas Úteis para o Sucesso com eBooks


Estas dicas são destinadas principalmente a autores. Mas se você é editor ou melhor ainda, dono de editora, preste atenção… praticamente todas as dicas também se aplicam a você, com ligeiras modificações.

1 | Parar de reclamar das editoras

As editoras nunca prestaram atenção em você? Seu talento nunca foi reconhecido? Para de gastar energia falando mal das editoras e construa seu próprio caminho, sem elas.

2 | Ter talento

Parece óbvio, mas é incrível o volume de livros mal-escritos, mal-planejados, mal-desenhados, cheios de erros. Portanto, na dúvida, peça para uma pessoa meticulosa ler seu livro, ou pague um editor freelance. Qualquer pessoa que publique por conta própria, sem mostrar seu trabalho a alguém, provavelmente vai se dar mal.

3 | Ter várias habilidades

Um autor que só sabe escrever? Esse tempo já era. Qualquer candidato a autor de ebooks precisa ter dominar outras áreas, como design, marketing e mídias sociais. Não domina? Então vá aprender a dominar, estude, pesquise, se mexa. Tudo o que uma editora saberia fazer pelo seu livro, de cabo a rabo, você mesmo precisa saber. Isso é o mínimo. E você pode [e precisa] saber mais.

4 | Ter mais de um eBook já escrito

Os grandes best-sellers de ebooks, Amanda Hocking, Stephen Leather, John Locke e outros, tinha vários títulos prontos ao mesmo tempo. Mais ebooks igual a mais chances de venda. Tenha paciência, faça um planejamento e lance pelo menos 3 livros ao mesmo tempo – planeje bem a sequeência de títulos e tome o tempo necessário para escrever.

5 | Escolher o gênero certo

Seu objetivo é ganhar dinheiro? Então os melhores gêneros são thrillers, mistério e romance. De preferência, com heróis e protagonistas que possam ser acompanhados em vários livros.

6 | Escrever livros menores, com mais frequência

Todos os leitores reclamam que ebooks precisam ser baratos. Nenhum reclama que precisam ser longos. Não é razoável escrever um ebook com 200.000 palavras se ninguém quer pagar mais de R$ 10 por um ebook. A média é de 80.000 palavras, mas ebooks permitem formatos menores, do tamanho de um ensaio longo [a Amazon até criou uma categoria para livros assim, chamada “Kindle Singles”]

7 | Se preocupar com qualidade, não com o preço

Não adianta vender barato [ou mesmo oferecer de graça], se o seu livro for ruim. Ninguém irá querer ou divulgar seu livro. Além disso, em testes e pesquisas, as pessoas relacionam má-qualidade com preços muito baixos. Portanto… ao invés de se preocupar com preço, preocupe-se primeiro em fazer um trabalho bem feito.

8 | Ter sua própria base de usuários/consumidores

Algo essencial para quem vai publicar seu livro por conta própria. Você precisa, vamos frisar, PRECISA manter contato direto com leitores e fãs – eles são os seus clientes. Nesse sentido, é essencial ter uma presença junto a eles. Blog, Facebook e Twitter não serve só para divulgar link de venda do seu livro, serve principalmente para construir um relacionamento e uma comunicação constante com os leitores-clientes.

9 | Criar sua própria plataforma de vendas [seu próprio site]

Pode ser difícil e, no começo, estar fora do seu alcance. Mas considere isso no seu horizonte: as livrarias, especialmente as grandes livrarias brasileiras, cobram uma fatia enorme das vendas, de até 50% das vendas. As livrarias estrangeiras cobram um pouco menos, geralmente 30%. Se você vender diretamente seus livros, poderá ter um ganho maior, com a vantagem de ficar com a maior parte da receita para você.

10 | Não ter vida social

Você quer realmente ter sucesso com ebooks e como autor? Então comece a investir o máximo do seu tempo em planejar, escrever e divulgar a sua obra…

Publicado originalmente em revolucaoebook.com.br | 07/07/2014

Anúncios