Barnes & Noble vai se separar do Nook


A Barnes & Noble vai desmembrar do seu negócio principal o braço responsável pelo Nook [seu e-reader] e pelas vendas digitais até o início de 2015, de acordo com afirmação apresentada no relatório de resultados financeiros da companhia de 2014. O plano é que o Nook Media se torne uma companhia separada das operações da varejista, visando “otimizar a remuneração aos acionistas”, isso se não for vendida a um investidor privado antes disso. Para o ano fiscal de 2014, terminado no dia 3 de maio, a Barnes & Noble teve lucro, descontados juros, impostos, depreciação e amortização, de US$ 251 milhões, apesar do desempenho negativo do Nook. A empresa alcançou U$ 6,4 bilhões em receitas, um decréscimo de 6,7% em relação ao ano anterior, o que deu à Barnes & Noble uma margem de lucro de 3,9%. O segmento de varejo da companhia, que consiste em mais de 600 lojas nos EUA e o e-commerce, teve receita de US$ 4,3 bilhões, 6% a menos do que apresentado no ano passado.

Digital Book World | 25/06/2014

Anúncios