Vaticano vai pôr tesouros da biblioteca no digital


Numa parceria com a NTT Data, uma empresa japonesa, o Vaticano quer converter 3000 manuscritos em ficheiros digitais, cerca de 40 mil páginas.

Esta operação vai demorar cerca de 4 anos, necessita de 50 peritos e 5 scanners. No entanto, serão precisos vários anos até que esteja completa a digitalização de todos os ficheiros da biblioteca do Vaticano, que são cerca de 82 mil.

Segundo o sítio da Internet Mashable, espera-se que alguns dos documentos da primeira fase de digitalização estejam disponíveis online no final deste ano.

Diário de Notícias | 21/04/14

Anúncios