É muito cedo para desistir dos ‘enhanced eBooks’


Alguns observadores do mercado digital se perguntam por que os tablets não impulsionaram uma nova geração de e-books ricos em mídias, com novas experiências e formatos digitais. Paralelamente, virou senso comum entre os editores a ideia de que não há mercado para o que se chama hoje de ‘enhanced e-books’. Hoje, simplesmente não sabemos se leitores gostarão ou pagarão por livros que usam tudo o que uma plataforma digital tem a oferecer. E provavelmente vai levar mais tempo que o esperado, principalmente por causa da natureza fragmentada do ambiente do e-book. Apple, Amazon, Barnes & Noble, Kobo, entre outros, ainda não empurraram o setor adiante, então os desafios para os criadores e editores que buscam novas experiências de leituras são grandes. Portanto não há uma oportunidade real para os leitores e nem como julgar se esse mercado seria comercialmente viável.

Por David Wilk | Digital Book World | 24/10/2013

Anúncios