Kindle Fire está esgotado e detém 22% do mercado americano de tablets, diz Amazon


Jeff Bezos, presidente-executivo da Amazon, apresenta o tablet Kindle Fire, em setembro do ano passado | Emmanuel Dunand - 28.set.11/France-Presse

Jeff Bezos, presidente-executivo da Amazon, apresenta o tablet Kindle Fire, em setembro do ano passado | Emmanuel Dunand – 28.set.11/France-Presse

A Amazon disse nesta quinta-feira [30] que seu tablet Kindle Fire detém 22% das vendas de tablets nos Estados Unidos e que o dispositivo está esgotado.

Ele chegou às lojas em novembro do ano passado a um custo menor que o líder do mercado iPad, da Apple. A Amazon vai realizar um evento para a imprensa na próxima semana em Santa Monica, Califórnia, alimentando as especulações de que lançará novos aparelhos.

Desde o lançamento do Kindle Fire, o Google desenvolveu o Nexus 7, um tablet com tela de sete polegadas que obteve bons resultados de vendas. O Nook Tablet, da Barnes & Noble lançado no último outono, também é popular no mercado americano.

A Amazon disse que o tablet está esgotado, mas o comunicado não informou quando o produto volta ao mercado e nem quantos dispositivos foram vendidos pela companhia.

DA REUTERS | Publicado em Folha de S.Paulo | 30/08/2012 – 19h55