Olavo Bilac ganha versão em HTML5


Book Partners, B4 Editores e FutureLab apresentam “Poesias infantis” com animação e recursos multimídia

A Bookset, joint venture entre Book Partners, B4 Editores e FutureLab lançam “Poesia Infantil”, obra de Olavo Bilac adaptada à tecnologia HTML5, conta com ilustrações animadas, criando uma nova experiência de leitura.Compatível com dispositivos móveis, as obras da estante virtual podem ser lidas em computadores, Smartphones e Tablets tudo em uma única conta.Segundo nota da empresa: “a economia na aquisição de obras e a disponibilidade constante dos livros na estante são outros pontos positivos. Para os fundadores do projeto, este tipo de inovação valoriza a leitura na era tecnológica”. Durante a Bienal, também será apresentado o primeiro livro com tecnologia de realidade aumentada, que pode ser vista na obra medieval de Alexandre Herculano “A dama pé de cabra”.

PublishNews | 09/08/2012

Como um livro erótico “falso” chegou à lista dos mais vendidos


The Diamond Club é um livro de ficção erótica que chegou à quarta posição na lista dos e-books mais vendidos no iTunes, atrás apenas do conhecido Cinquenta Tons de Cinza. É uma conquista e tanto porque ele está à venda por apenas três dias. E isso impressiona ainda mais porque esse livro é “falso”.

O livro não foi realmente escrito pelos autores, Brian Brushwood e Justin Young, que apresentam o NSFW Podcast. Na verdade, ele foi escrito através de um esforço de crowdsourcing. Os fãs de Brushwood e Young enviaram suas contribuições, que incluíam um personagem principal e muito sexo. Eles combinaram tudo e criaram um romance erótico que, na verdade, é uma enganação.

Por que os dois fariam isso? Porque eles perceberam que os dez livros mais vendidos na iTunes americana são todos romances eróticos. Depois do sucesso estrondoso de Cinquenta Tons de Cinza, que começou como fan fiction erótica de Crepúsculo e agora se tornará filme, eles perceberam que poderiam provar como livros de sexo, o sistema de “mais vendidos” e o público em geral são ridículos. Young diz que:

“Tudo começou com Scam School Book 2 – o livro mágico do Brian. Ele descobriu que, enquanto ele fazia aquele livro, que o top ten no iTunes era só ficção erótica. Chegou a um ponto no qual autores consagrados, como Janet Evanovich, não conseguiam entrar no top 5 do iTunes porque havia tantos romances eróticos aproveitando o sucesso de “Cinquenta Tons de Cinza”. Aí ele pensou – ei, podemos fazer isso!

E bem, parece que deu certo. Brushwood e Young não acham que o livro seja bom, mas isso não parece importar muito: The Diamond Club já tem mais de 1.000 resenhas, e só uma delas chama o livro de “enganação”. O caminho para o sucesso, pelo visto, é fazer um livro que parece Cinquenta Tons de Cinza, e pronto. Vamos todo mundo escrever livros sobre sexo!

POR CASEY CHAN | 09 AGO, 2012 – 01:18 | PUBLICADO ORIGINALMENTE EM GIZMODO