Amazon busca autores nacionais


Sem rodeios | Cury abordagem direta da Amazon

A Amazon pôs em prática um plano B para finalmente desembarcar no Brasil. Sem sucesso nas negociações com as editoras, tenta agora seduzir os escritores nacionais, sem intermediação — estratégia, aliás, já adotada pela empresa nos EUA.

Augusto Cury, que vendeu mais de 15 milhões de exemplares com seus livros de autoajuda, foi procurado pela Amazon sem passar pela Planeta, sua editora. As conversas, no entanto, não avançaram.

A propósito, a Amazon já tem os direitos de outro autor best-seller brasileiro, Paulo Coelho. Com exceção de O Aleph, seu último livro, a versão digital de toda a sua obra — já lançada no site em português, espanhol, francês e alemão — será vendida no Brasil pela Amazon sem interferência das editoras que o publicam por aqui.

Por Lauro Jardim | Veja On Line | 28/01/2012