Literatura na tela


Como brinde de fim de ano, a TV Record foge à regra que tem guiado sua programação, na linha mais popular, para investir na oferta de produtos não vistos em sua tela no decorrer do ano. Assim como aconteceu em dezembros anteriores, é hora de adaptação literária em formato de especial de uma única edição. O primeiro exemplar do gênero, O madeireiro, da obra de Aluízio Azevedo, vai ao ar no dia 26, à 0h15. Em formato de telefilme, a obra, logo se verá, não é do staff da Record. Independente, a produção é assinada pela Contém Conteúdo. Ainda na linha literária na tela, a Record promete para esta temporada de férias o especial O menino grapiúna, outro telefilme produzido fora dos domínios da emissora, dessa vez pela Bossa Nova Filmes. Baseada no romance autobiográfico do escritor baiano, a edição traz histórias vividas por Jorge Amado quando menino. A Record aguarda a finalização da produção para definir sua data de exibição.

O Estado de S. Paulo | 18/12/2011