Fundação Dorina Nowill doa 4.500 livros


No pacote estavam livros acessíveis em diferentes formatos e para diferentes idades, que vão beneficiar bibliotecas de São Paulo

Foto: Karlis Smits

Bibliotecas paulistas ganharam um reforço em seus acervos de livros acessíveis com a doação de 4.500 títulos em Braille, audiolivro e digital acessível feita pela Fundação Dorina Nowill e pela White Martins dentro do projeto Ler sem Ver. Entre os livros doados estão títulos infantis, infantojuvenis, clássicos e best-sellers atuais como A festa no céu, Os corvos de Pearblossom, A bússola de ouro, O senhor dos anéis, Quincas Borba e o Manual dos Direitos da Pessoa com Deficiência. Desses, 900 são em Braille, 2.250 em áudio e 1.350 no formato Daisy. No total, foram beneficiadas 138 bibliotecas e salas de leitura na capital e em outros 74 municípios do interior, que juntas atendem direta ou indiretamente mais de 10 mil deficientes visuais. O projeto foi realizado com o apoio do Governo do Estado de São Paulo através do Programa de Ação Cultural da Secretaria da Cultura conforme determina o artigo 18 da lei 12.268 de 20/02/2006.

PublishNews | 10/08/2011