Leituras do futuro


Plínio Martins Filho, presidente da Edusp, defende que o livro impresso tem tecnologia “mais avançada que a dos leitores eletrônicos“. Cristiane Costa, professora da UFRJ, avalia que no futuro “as experiências de ler, ouvir e ver não serão mais distintas“. Os argumentos integram a antologia sobre possibilidades eletrônicas LivroLivre, que será distribuída na Flip em ePub e impresso, sob licença Creative Commons. É a estreia da Ímã Editorial, casa que pretende investigar formas de publicação digital.

Por Raquel Cozer | O Estado de S. Paulo | 04/07/2011

Pearson vai administrar sites da Borders e da Angus & Robertson


A Pearson Australia vai assumir a área de negócios on-line da rede australiana de livrarias falida, a REDGroup, que inclui os sites da Borders e a Angus & Robertson. Os sites serão administrados de forma independente e a Pearson assinou um acordo com a Kobo para o fornecimento de e-books. O REDgroup entrou em“administração voluntária” em fevereiro e desde então tem enfrentado o fechamento de uma série de lojas.

Por Graeme Neill | The Bookseller | 04/07/2011

Amazon compra livraria eletrônica The Book Depository


O grupo de distribuição on-line americano Amazon.com anunciou nesta segunda-feira a compra da livraria britânica virtual The Book Depository, por uma quantia ainda não divulgada.

O breve comunicado da Amazon.com não oferece maiores detalhes sobre a transação.

Com sede em Gloucester [sudoeste da Inglaterra], The Book Depository alcançará um faturamento próximo dos 120 milhões de libras [135 milhões de euros] no exercício finalizado em junho, quase duplicado em um ano, de acordo com a publicação especializada TheBookseller.com.

A companhia britânica oferece mais de seis milhões de títulos e foi fundada em 2004. Fazia parte da equipe que lançou o site Bookpages, também comprado pela Amazon.

DA FRANCE PRESSE, EM NOVA YORK | 04/07/2011 – 10h33