Apple ameniza regras para venda de conteúdo no iPad


A Apple deu uma grande vitória às empresas que vendem conteúdo para o iPad ao reverter a exigência de que elas comercializem assinaturas por sua loja de aplicativos, uma rara reversão para a fabricante da iPad.

Agora a Apple permite que as produtoras de conteúdo estabeleçam preços para assinaturas e não exige mais que elas as vendam dentro da App Store.

A partir deste momento, usuários do iPad e do iPhone podem ler revistas e livros ou ouvir músicas e ver vídeos adquiridos fora da loja da Apple, desde que não haja um botão ou link externo para a compra do conteúdo, disse a empresa nesta quinta-feira.

A Apple não receberá nenhuma parte da receita do conteúdo aprovado que for adquirido fora de aplicativos.

A decisão é uma grande vitória para conglomerados de mídia que criticavam a empresa pelo que consideram padrões rígidos demais.

A Apple deu início a seu serviço de assinaturas para revistas, jornais, vídeos e músicas em fevereiro, com pouco apoio de grandes editoras, como Time, da Time Warner, Conde Nast e Hearts.

Inicialmente, elas ficaram irritadas com as condições da Apple de tomar cerca de 30% da receita de aplicativos adquiridos em sua loja e com seu controle dos dados do assinantes.

Foi permitido que as produtoras de conteúdo estabeleçam o preço e a duração das assinaturas. Elas também podem oferecer assinaturas por meio de seus próprios sites, mas precisam seguir os mesmos termos para quem os acessa com uma conta da Apple. As empresas têm até 30 de junho para concordar com a estratégia.

DA REUTERS | 09/06/2011 – 19h44

Simplíssimo promove cursos sobre livro digital


As aulas serão focadas na produção dos e-books em formato ePub e no novo modelo de mercado e negócios

Nos dias 16 e 17 de junho, a Simplíssimo promove em São Paulo o “Workshop de Produção de e-books e ePub”. O curso deve dar um panorama da, até então, breve história do livro digital, além de aulas práticas sobre sua produção. A duração é de 16 horas de duração e espera-se que o aluno já tenha conhecimento de InDesign. O valor é de R$ 400 por participante e as inscrições podem ser feitas aqui. Já no dia 22 de junho, também em São Paulo, a Simplíssimo promove pela primeira vez o curso “Entenda o livro digital e seu mercado”. Trata-se de um curso informativo de oito horas [manhã e tarde], voltado para profissionais do livro, autores, jornalistas e demais interessados. O valor é de R$ 200 por participante. As inscrições para este curso podem ser feitas no site da Simplíssimo. Os cursos acontecem na Informaker [Av. Paulista, 1.499 – 16º andar – Cerqueira Cesar – entrada pela Al. Casa Branca, 35 – São Paulo/SP].

PublishNews | 09/06/2011