Telefonica avança no negócio do livro digital


Por Maria Fernanda Rodrigues | Publicado originalmente em PublishNews | 19/04/2011

Grupo espanhol começa a distribuir e-books na Argentina nesta quarta-feira

O Kindle e o iPad são o começo da história, mas não o fim. Ainda tem muita coisa para acontecer”, profetizou Tanya Field, diretora de estratégia da Telefonica O2 do Reino Unido, durante a Conferência Digital realizada em Londres na última semana. Ela participou de um painel que destacou o interesse de outras indústrias, sobretudo a de telefonia, em aproveitar o vácuo que as editoras estão deixando enquanto tentam entender o papel que devem desempenhar na “era digital”. Poucos dias depois, a empresa anunciou que começará a vender livros digitais na Argentina a partir desta quarta-feira, dia 20 de abril. Nos portais do Speedy e da Movistar, a operadora de telefonia celular do grupo, os usuários poderão escolher entre 15 mil títulos em espanhol. O pagamento poderá ser feito por cartão de crédito ou na própria conta telefônica. A Argentina é o primeiro país do grupo a contar com esse serviço, que ganhou o nome de “eBooks”. Lá, a Telefonica conta com 16,7 mi de linhas móveis, 1,5 mi de acessos a banda larga e 4,6 mi de linhas fixas.

Os livros poderão ser baixados tanto em computadores quanto em dispositivos móveis, como smartphones e tablets. Esse é o único momento em que a internet é necessária. A ideia é que os leitores possam transportar os livros em aparelhos compactos e ler em qualquer lugar. Essa iniciativa mostra o movimento que a empresa está fazendo no sentido de agregar valor a seus serviços de banda larga e de internet móvel, e não simplesmente sua vontade de concorrer com editoras, livrarias ou distribuidoras.

Buscamos dinamizar o mercado, queremos que cada vez mais gente se aproxime da leitura. Nosso objetivo é dar cada vez mais valor à banda larga. Fizemos isso com a Sonora, com On Video e agora estamos fazendo com o eBooks”, disse o diretor de marketing da Speedy, Andrés Tahta, em comunicado da empresa. O diretor de produtos e serviços da Movistar, Leandro Musciano, completou: “O eBooks é uma solução que segue o caminho da mobilidade dos conteúdos que o grupo adota há muitos anos. É também uma nova proposta que aproveita ao máximo a liderança da Telefonica na inovação de serviços móveis e de banda larga.

Na Feira de Londres, Tanya comentou sobre como é caro e difícil ter conteúdo digital. Por isso, vão fazer parcerias nos países em que atuam e se tornarão distribuidores de livros digitais. Ela disse ainda que as diferentes tecnologias adotadas nos países dificultam o trabalho. Por fim, deixou um recado aos editores: “Não façam parcerias apenas com a Apple e com a Amazon. Conheçam seus clientes, saibam quantos aparelhos eles usam. Não trabalhem verticalmente e façam parcerias.

A Telefonica está presente em 25 países e atende 287 milhões de pessoas. Se o projeto der certo na Argentina, outros países de língua espanhola devem ser incluídos nele. Amanhã o novo produto poderá ser conhecido através do site da empresa. E quem for à Feira do Livro de Buenos Aires, marcada para o período de 20 de abril a 9 de maio, poderá conferir o funcionamento no estande da empresa.

Por Maria Fernanda Rodrigues | Publicado originalmente em PublishNews | 19/04/2011