Marcelo Tas autografa audiolivro na Cultura


Jornalista fez a narração do livro “Engolido pelas labaredas”

O jornalista multimídia Marcelo Tas autografa hoje, 29, o audiolivro Engolido pelas labaredas [Nossa Cultura, 10h de duração, R$ 38,50]. De autoria do escritor e humorista norte-americano David Sedaris, o livro ganhou narração de Tas, que receberá o público na Livraria Cultura do Conjunto Nacional [Av. Paulista, 2073 – São Paulo/SP], a partir das 19h. Sedaris apresenta no livro sua habilidade de transformar a vida cotidiana – no caso, a sua própria – numa aventura com críticas apimentadas e bem-humoradas.

Tas  passou 20 horas em estúdio gravando e, ao todo, o trabalho de produção sonora consumiu cerca de 50 horas, entre gravação, edição, revisão e finalização. O audiolivro foi formatado em MP3, possibilitando que o ouvinte possa acompanhar o CD no player da sala ou no rádio do carro ou salvar o conteúdo em outro tocador.

PublishNews | 29/03/2011

Editora amplia ferramenta de busca para consultas jurídicas


Ferramenta existe desde 2007 e já está em sua terceira versão

Editora Fórum acaba de lançar a Biblioteca Digital 3.1, sistema de buscas inteligente focado no universo jurídico. A nova versão do site de pesquisas, baseada na Web Semântica [Web 3.0], oferece diferenciais como agilidade, relevância e interligação dos significados das palavras, sistema semelhante ao utilizado pelo Google.

A ferramenta possibilita a busca precisa de termos específicos em acórdãos, doutrinas, ementas, orientações práticas, pareceres, tendências jurisprudenciais e mais de 560 volumes atualizados de publicistas nacionais e internacionais no banco de dados reunido pela Editora. É preciso ser assinante para ter acesso ao material. Outras informações pelos telefones 31 2121-4949 ou através do 0800-704-3737.

Por PublishNews | 29/03/2011

Livro de psiquiatria ganha versão digital


Terceiro aplicativo do Grupo A pode ser acessado através dos leitores iPad, iPod e iPod Touch

O Grupo A está lançando o terceiro aplicado para iPad, iPod e iPod Touch e o primeiro na área de psiquiatria do Brasil. Trata-se do livro Psicofármacos – Consulta rápida [Artmed], escrito pelo médico psiquiatra Aristides Cordioli com a colaboração de diversos especialistas. O aplicativo vai oferecer ao usuário, além de conteúdo atualizado sobre os mais recentes medicamentos psiquiátricos no Brasil, várias opções de interatividade. Neste novo formato, as quatro seções do livro estão interrelacionadas de forma dinâmica devido aos mecanismos de referência rápida construídos para este formato. Entre os recursos, o usuário dispõe da possibilidade de visualização em uma mesma tela de drogas que possuem interação medicamentosa.

PublishNews | 29/03/2011

Editora inaugura página especial nas redes sociais


Conteúdo exclusivo multimídia pode ser conferido no Facebook e no YouTube

A Editora Cosac Naify acaba de inaugurar no Facebook uma página com conteúdo exclusivo multimídia sobre seus lançamentos e um canal customizado do YouTube, que apresenta entrevistas com autores e ilustradores, além de animações de livros infantojuvenis. A página reúne os recentes lançamentos, reimpressões e reedições, bem como entrevistas, notícias e destaques do blog da casa. Na estreia, fãs do artista Eloar Guazzelli podem assistir à entrevista que ele concedeu sobre a experiência de ilustrar o conto inédito de Eça de Queiroz, Um dia de chuva, recém-lançado pela editora.

Por PublishNews | 29/03/2011

Editora brazuca lança livro em inglês na Amazon


Marcelo Mirisola será um dos próximos a serem traduzidos

A editora brasileira KindleBookBr, focada em livros digitais distribuído pela Amazon para leitura em seu Kindle, acaba de publicar uma tradução própria para o inglês de um livro português que já possuía no catálogo. The Poetics of Epistem-Art, de Adão de Faria e Lílian Gomes, já se encontra à venda na loja virtual da gigante norte-americana desde segunda-feira, a US$ 2,99. A editora não deve para aí e planeja colocar mais traduções em inglês nas prateleiras virtuais. Entre elas estão Dança Ritual Urbana, de Erwin Maack;Domingo, o Jogo, de Cassia Cassitas, e Joana a contragosto de Marcelo Mirisola,cuja tradução será bancada por uma bolsa da Fundação Biblioteca Nacional.

PublishNews | 29/03/2011

Livro digital em discussão


Programação de abertura do Salão ocorre no dia 8 de junho

O livro digital foi o tema escolhido para a programação de abertura do 13º Salão FNLIJ do Livro para Crianças e Jovens, que ocorre de 8 a 19 de junho no Centro de Cultura Ação da Cidadania [Rua Barão de Tefé, 75 – Zona Portuária. Rio de Janeiro/RJ]. Na oportunidade serão apresentados os números do setor e uma reflexão sobre o espaço infantil nas livrarias, discutida a opinião de livreiros e editores sobre o mercado e relatada suas experiências bem sucedidas com livros digitais infantis e juvenis, além da opinião de especialistasnacionais e internacionais sobre a convivência com o livro digital, de papel e outros suportes.

O Salão FNLIJ do Livroé considerado o maior evento de livros da América Latina voltado para bebês, crianças, jovens, professores, bibliotecários e pais e recebe cerca de 40 mil visitantes. As inscrições para a programação de abertura custam R$ 80 por pessoa [almoço incluído]. Inscrições e mais informações através do e-mail comunicacaofnlij@fnlij.org.br ou pelo telefone 21 2262-9130.

PublishNews | 29/03/2011

Bologna 2011: Pesquisando o cenário digital ‘Generação Angry Birds’


Das observações de Joe Wikert, da O’Reilly Media, dizendo que “é tudo uma questão de contar histórias” ao comentário final de Laura Donnini, da Mondadori, “Nós vendemos sonhos”, a palavra conteúdo era uma constante no primeiro Tools of Change Bologna, evento que aconteceu na véspera da abertura da Feira de Bolonha. Uma platéia de 250 pessoas, de 27 países, participou do evento de um dia no domingo. Muitas das mesmas conversas das recentes conferências TOC e DBW surgiram ao longo do dia, assuntos como do ePub ao HTML5, complexidades dos direitos digitais, preço e DRM.

Kate Wilson, da Nosy Crow, lembrou aos participantes que a mudança digital trouxe novas oportunidades “para se conectar diretamente com os consumidores de forma barata e eficiente”. Citando estatísticas sobre crianças britânicas de 4 ou 5 anos que já estão online –14% delas conseguem amarrar os sapatos, mas 34% podem abrir um navegador – ela enfatizou: “É aí que seus consumidores estão.

Por Diane Roback | Publishers Weekly | 29/03/2011