E-readers conquistam os jovens


Photo: Joyce Dopkeen | The New York Times

Algo extraordinário aconteceu depois que Eliana Litos ganhou um e-reader de presente de Hanukkah em dezembro.

Durante algumas semanas eu me esqueci completamente da televisão”, disse a menina de 11 anos. “Eu só lia todos os dias”.

Desde as festas de fim de ano, editores perceberam que alguns títulos inusitados despontaram entre os mais vendidos, como é o caso dos volumes de As crônicas de Nárnia e de Hush, Hush.

Na HarperCollins, por exemplo, os e-books foram responsáveis por 25% de todas as vendas de livros juvenis em janeiro, um crescimento de mais de 6% com relação ao mesmo período do ano anterior.

Por Julie Bosman | The New York Times | 04/02/2011