Modelo de agência balançou venda de e-books


As vendas de e-books nos Estados Unidos no mês de julho aumentaram 250% em relação ao mesmo período de 2009, com vendas resultando em US$ 40,8 milhões neste ano contra US$ 16,3 milhões no ano anterior.

Os dados revertem a pequena queda sentida no segundo trimestre, quando, de acordo com o site e-reads.com, “os compradores responderam negativamente ao aumento dos preços criados pelo novo modelo de agência, como o da Apple”. “Aparentemente os consumidores se adaptaram, embora nunca saibamos qual seria o resultado se os preços ainda fossem US$ 9,99”, concluiu.

The Bookseller | 21/09/2010