Aplicativo iBooks já é mais popular que o Facebook e o Twitter


O aplicativo iBooks para iPad é um dos mais populares do device, ultrapassando os de redes sociais como o Facebook e o Twitter. Apesar dos muitos relatórios mostrando as habilidades do tablet em exibir filmes de alta definição, em usar a internet e armazenar fotos, aqueles que compram o iPad também querem ler livros nele.

De acordo com o relatório YouGov’s TabletTracker, 78% dos proprietários de iPad [wi-fi e3G] fizeram downloads de livros pelo iBooks. Facebook ficou com 52% e Twitter, 34%. A pesquisa mostra ainda que cerca da metade o usa ao menos três vezes por semana. E 25%, diariamente. YouGov ouviu, on-line, 3.317 pessoas entre 28 de julho e 2 de agosto.

The Bookseller | 17/09/2010 | Graeme Neill

Um pensamento sobre “Aplicativo iBooks já é mais popular que o Facebook e o Twitter

  1. Hoje (18/9) vi o aplicativo da Saraiva rodando no iPad de um amigo. Pareceu bom. A vantagem sobre o iBook é que os e-books comprados pelo aplicativo da Apple vêm com DRM exclusivo (codinome FairPlay) e só podem ser lidos no iPad, mesmo sendo em formato ePub. Já os comprados pelos aplicativos que emulam e-readers, como esse da Saraiva (da B&N, KoboBooks etc) podem ser lidos em qualquer e-reader que suporte o ePub com DRM uma vez que esses DRMs são das editoras, na da Apple.

Os comentários estão desativados.