Giz Editorial lança plataforma de mídia social para eBooks


A Giz Editorial anuncia o lançamento da versão oficial da Livrus, uma inovadora plataforma online que se vale dos princípios utilizados em serviços de mídia social para a divulgação, armazenamento e compartilhamento de informações sobre livros.

De acesso gratuito, o serviço online permite que usuários interessados criem uma base de dados sobre suas obras favoritas, criação e divulgação de resenhas e recomendações. Há também um módulo de utilização destinado a autores e editoras, que podem listar e comercializar suas obras, apresentando informações e detalhes dos livros escritos, além de divulgar sua participação em eventos como lançamento de novas publicações.

O serviço pretende aproximar leitores segundo assuntos de interesse, facilitando a troca de idéias e a recomendação de novos títulos. “O serviço se vale de processos comuns em sites de música, em que o fã de um gênero específico chega a novos músicos ou grupos com base nas indicações de pessoas com gostos similares ao dele. A Livrus segue pela mesma rota”, afirma Ednei Procópio, editor da Giz Editorial.

Segundo o executivo, o serviço quer propiciar um canal interativo,amigável e de fácil acesso entre autores e leitores. “Vamos criar pontes entre os agentes do mercado e seus consumidores, servindo de forma aberta e transparente ao ecossistema composto pelo mercado editorial e seus consumidores. Será uma base de informação que se valerá da participação ativa do público, que fará recomendações e comentários.

Fruto de um investimento inicial de US$ 25 mil em desenvolvimento, o serviço tem ainda recursos provisionados da ordem de US$ 40 mil, para um período de 12 meses. Os recursos estão sendo usados para a expansão das funcionalidades e no suporte ao crescimento na base de usuários. Os recursos foram angariados pela própria Giz Editorial, em conjunto com investidores do mercado e a expectativa é de que o serviço retorne os investimentos até o final de 2012. O foco inicial está na consolidação de uma base sólida de usuários e na manutenção de bons níveis de serviço.

Dado à gratuidade para os usuários, o site buscará receitas com a venda de anúncios publicitários de títulos, editoras e autores, com suporte a ações de rich media. Outra fonte de receita está na formação de parcerias comerciais com autores, editoras e demais agentes do mercado editorial uma vez que o site congrega uma rede social e uma livraria online ao mesmo tempo. “O que propomos é a criação de uma camada adicional de circulação e comercialização de livro que pode ser utilizada, inclusive, como ferramenta adicional para editoras, explorando o acervo de comentários e recomendações de leitores”, diz Procópio.
O site também prevê para breve módulos que permitirão realizar ações de e-commerce de parceiros. Será o primeiro online a publicar e disponibilizar obras em três formatos: impresso [incluindo print on demand], livro eletrônico [eBook] e audiobook.

Operando em caráter experimental desde junho de 2009, a Livrus iniciou suas operações em versão beta em setembro, durante a XIV Bienal Internacional do Livro do Rio de Janeiro. A versão atualizada do site, que inclui soluções para publicações digitais, será lançada durante a 21º Bienal Internacional do Livro de São Paulo 2010.

DIVULGAÇÃO — A plataforma Livrus já trará um importante auxílio aos novos autores, colaborando com a promoção de lançamentos. Este é um dos principais desafios para os novos autores, que raramente conseguem arcar com os elevados custos de divulgação pelas vias convencionais, que ainda têm a limitação de nem sempre conseguir responder aos anseios nem da indústria editorial, nem do público. “Pela nossa experiência, há sim, demanda por títulos de qualidade, dentro dos mais variados nichos. O que a Livrus propõe é uma solução prática para isto, com uma plataforma compreensiva e que utiliza o interesse do público como motor e fomento para novos e bons autores”, explica Procópio. “E antes que alguém diga que livro não vende no Brasil, basta citar exemplos como ‘Harry Potter’ ou a série ‘O Senhor dos Anéis’, que tiveram grande aceitação. E cujas franquias sobrevivem exatamente da divulgação de fandons [grupo de fãs] espalhados pelas comunidades na Internet”.

FLEXIBILIDADE — Inteiramente desenvolvido em plataformas de código aberto, o diretório http://www.livrus.com.br utiliza como base as plataformas PHP e SQL, rodando sobre uma base de servidores Apache. “A utilização destes elementos nos dá grande estabilidade, além de facilitar a implementação de novas funcionalidades no futuro”, afirma Procópio. “Permite-nos, por exemplo, expandir o acesso à Livrus para todas as comunidades lusófonas. Por enquanto não devemos disponibilizar o acesso para outros idiomas, porém não descartamos estender o suporte a outras línguas”, diz.

Adotando a abordagem de usar páginas tabless, a Livrus já nasce preparada para facilitar o acesso via plataformas móveis, como smartphones e outros dispositivos. Futuramente, estão previstos módulos que permitirão a publicação e distribuição de contos, links para mídias relacionadas como podcasts [arquivos de áudio] ou vídeos online, entre outros recursos interativos.

INOVAÇÃO — Embora seja inovadora, a Giz Editorial reconhece que a idéia da Livrus não é de todo inédita. “Há tempos existem várias plataformas eletrônicas bem-sucedidas para a recomendação de músicas, de cinema, de compras e outros itens. O que queremos é adotar a mesma lógica com foco nos livros. As primeiras reações dos nossos usuários na fase beta mostraram que esta é uma escolha acertada. Outro detalhe importante é a aposta na contribuição dos usuários. Ainda não inventaram um algoritmo que substitua a recomendação de alguém que gosta dos mesmos livros que você. A Livrus é feita por pessoas e para pessoas”, comenta Procópio. Por conta disso, o site oferecerá uma base rica para consulta, mas que também destacará os trabalhos mais comentados, o que favorecerá autores que contarem com uma base de leitores mais ativa online.

SERVIÇO: O que: Lançamento Oficial da Livrus
Onde: 21º Bienal Internacional do Livro de São Paulo 2010
Quando: Dia 12 de agosto de 2010, às 10h
Estande: Pavilhão de Exposições do Anhembi
Avenida Olavo Fontoura, 1.209 — São Paulo — SP

CONTATO COM A IMPRENSA:

Ednei Procópio — Editor
ednei@gizeditorial.com.br
[11] 7889-7111 móvel
[11] 3333-3059 fixo

MSN: gizeditorial@hotmail.com
Skype: giz.editora
Nextel: 9*53023

Anúncios