Amazon anuncia o Kindle para Android


Versão será lançada nos próximos meses

A Amazon.com anunciou uma versão do seu aplicativo Kindle para o sistema operacional Android, criado pelo Google para uso em smartphones. O Kindle já está presente em outras plataformas, como Windows, Mac, iPhone/iPod touch e BlackBerry, além dos leitores de e-books Kindle e Kindle DX. O Kindle para Android, com download gratuito, tem acesso à loja de e-books que oferece mais de 540 mil títulos. A Kindle Store está disponível para mais de 100 países, incluindo o Brasil. Do mesmo modo que as outras plataformas, ele usa a tecnologia Whispersync para salvar e sincronizar páginas lidas entre os diversos dispositivos. Dá para começar a ler um livro no PC e continuar de onde parou no Android, por exemplo. O aplicativo roda em versões do Android 1.6 e superiores [no Brasil, presentes apenas nos smartphones Sony Ericsson Xperia X10 e Motorola Milestone] e requer um cartão de memória instalado no celular. Será lançado oficialmente nos próximos meses.

Terra | 18/05/2010

Kindle chegará aos sistemas Android no próximo trimestre


Em um release para a imprensa, a Amazon anunciou a produção do software Kindle para os portáteis usando o sistema operacional Android. Atualmente, o aplicativo Kindle está disponível para iPhone, iPod Touch, iPad, Mac, PC e BlackBerry.

Assim como nas outras versões do programa de leitura de livros em formato digital, será possível buscar e comprar os mais de 540 mil livros do acervo da Amazon sem precisar sair do aplicativo; além disto, também será levado em conta o sistema de sincronia de marcadores de livro, última página lida, anotações e destaques feitos pelo usuário em aparelhos diferentes.

O Kindle para Android ainda não tem data de lançamento confirmada; no entanto, o Google I/O – evento direcionado a programadores de aplicativos web – será realizado nos dias 19 e 20 de maio em São Francisco, EUA, portanto é possível que mais detalhes sejam revelados por lá.

O Globo | 18/05/2010

Companhia das Letras tem blog!


O endereço é http://www.blogdacompanhia.com.br

A editora Companhia das Letras já colocou no ar o seu blog, o Blog da Companhia. E para começar, dois textos inéditos dos escritores Alan Pauls e Rodrigo Fresán sobre o romance 2666, de Roberto Bolaño, que está chegando às livrarias. Além deles, o colunista Erico Assis fala sobre o “Salão de beleza”, estúdio dos quadrinistas Rafael Coutinho e Grampá.

PublishNews | 18/05/2010

E o livro digital também rendeu conversa em Minas


CBL, Imprensa Oficial e Instituto Pró-Livro apresentaram os resultados da pesquisa que avaliou o que o brasileiro pensa sobre essa nova tecnologia

O livro digital, o assunto do momento, também esteve em pauta na Bienal do Livro de Minas. Editores e livreiros assistiram à apresentação dos resultados da pesquisa sobre a percepção do brasileiro quanto a essa nova forma de leitura realizada pelo Instituto Pró-Livro a pedido da Câmara Brasileira do Livro e da Imprensa Oficial do Estado de São Paulo e apresentada pela primeira vez no final de março no I Congresso Brasileiro do Livro Digital. Galeno Amorim foi quem fez a apresentação, mas participaram do debate na tarde de sexta-feira [14] Rosely Boschini e Marcus Vinícius Barili Alves, presidente e vice-presidente da CBL respectivamente, e Mansur Bassit, gerente de produtos gráficos e de informação da Imprensa Oficial. Apesar de a discussão ser nova e de os entrevistados ainda pensarem no livro digital como aquele lido apenas pela tela do computador, Galeno disse que as editoras “não podem ficar deitadas em berço esplêndido esperando serem surpreendidas por ele”. Para Rosely, esse momento está fazendo toda a cadeia produtiva do livro repensar o seu trabalho. “A gente não deve julgar se é bom ou ruim, mas essa meninada está nos apresentando uma coisa nova”, comentou. Para ver alguns destaques da pesquisa, clique aqui.

PublishNews | 18/05/2010

Ziraldo no iPhone, iPad e iPod


“O livro do sim” e “O livro do não” podem ser lidos no aplicativo Melbooks

Agora é possível ler as obras do Ziraldo no iPhone, iPad e iPod Touch. O livro do sim e O livro do não, da Melhoramentos, foram as obras escolhidas do autor para o primeiro aplicativo brasileiro leitor de e-books e loja virtual, o Melbooks, que conta ainda com livros de Arthur Conan Doyle e Julio Verne também em português. “Apesar de a AppStore ter uma grande oferta de e-books, estes estão quase todos em inglês; os usuários brasileiros careciam de e-books de qualidade em português, de autores conceituados e contemporâneos”, explica Adriano Cunha, gerente do projeto do aplicativo. O aplicativo Melbooks está disponível, de graça, somente na AppStore.

PublishNews | 18/05/2010

China Mobile no mercado de livros digitais


A maior entre as empresas de telefonia chega com tudo ao mercado do livro digital

Tão preocupados ou deslumbrados estão uns e outros com a apresentação da Libranda, a grande plataforma de distribuição da Planeta, Santillana e RHM, se isso afetará a livre distribuição digital ou se quebrará o mercado, que parece terem se esquecido do que cremos como uma grande ameaça para a distribuição do livro digital: a interferência de empresas de telefonia. Em meados de fevereiro, a Telefônica anunciou sua aposta nos livros digitais. Agora é a vez da China Mobile, a maior entre as gigantes da telefonia móvel, que anuncia a sua entrada no mercado dos livros eletrônicos. Ela está construindo uma biblioteca digital com mais de 60 mil títulos e espera atrair 200 milhões de usuários nos próximos cinco anos. Os títulos estarão disponíveis para download individual [US$ 1,47 por título], que poderão ser lidos nos telefones ou nos dispositivos de leitura. A assinatura mensal, para o download de 10 livros, deixará o valor mais barato: US$ 0,74 cada um.
As informações são do Ediciona. Para ler a matéria completa, em espanhol, clique aqui

PublishNews | 18/05/2010

Concurso da Bienal de SP vai dar um e-reader ao vencedor


Inscrições podem ser feitas até o dia 4 de junho pelo site do concurso

A Bienal do Livro de São Paulo procura um slogan para esta edição, que começa em 12 de agosto e vai até o dia 22, e conta com a ajuda do público. Até o dia 4 de junho, maiores de 18 anos de qualquer região do país podem participar do concurso “O slogan da Bienal do Livro quem cria é você” com quantas frases conseguirem criar. O único limite é que cada slogan deve ter até 50 caracteres. O primeiro colocado vai ganhar um e-reader da Gato Sabido, 40 livros do Jabuti 2010 e dois ingressos para o Salão do Automóvel. O autor do segundo melhor slogan leva um vale de R$ 300 para ser gasto na Saraiva e 20 livros do Jabuti. O terceiro colocado ganha a assinatura da Folha de S. Paulo por três meses e 10 livros do Jabuti. Por fim, os 10 finalistas serão presenteados com um par de ingressos para a Bienal. Quem quiser participar, basta acessar o site do concurso. Boa sorte!

PublishNews | 18/05/2010

II Seminário do Livro e da Leitura no Brasil


Na próxima quinta-feira [20/05], Comissão de Educação e Cultura e a Frente Parlamentar Mista da Leitura no Congresso Nacional promovem o II Seminário do Livro e da Leitura no Brasil. O evento reunirá representantes do poder público e das entidades representativas do setor do livro. O seminário será realizado das 9 às 17 horas, no Auditório Nereu Ramos da Câmara. As inscrições podem ser feitas no site: http://www.frentedaleitura.com.br. Mais informações pelo telefone: [61] 3215-5728.

CBL Informa | 18/05/2010

Tools of Change for Publishing Frankfurt


Encerram-se em 31 de maio as inscrições para o Tools of Change for Publishing [TOC] Frankfurt. A conferência, que aborda a tecnologia e inovação editorial, contará com palestras e painéis que aprofundarão nas principais dificuldades na publicação. O evento acontece em 5 de outubro, dia que antecede a Feira de Frankfurt. Para mais informações acesse: http://tocfrankfurt.com.

CBL Informa | 18/05/2010