Bibliotecas Digitais e Projetos de Digitalização pelo Mundo


Separei neste post uma série de projetos de digitalização de acervo e bibliotecas digitais pelo mundo. A lista é apenas uma pequena amostra de iniciativas antenadas à preservação do conhecimento e acesso ao patrimônio cultural e serve como pontapé inicial para coletar referências e descobrir outros projetos. Acrescente sua sugestão!

A França no Brasil: portal digital conjunto das bibliotecas nacionais da França e do Brasil com mapas, fotografias, textos impressos e desenhos sobre a relação entre a França e o Brasil desde o século XVI até o início do século XX.

Access to Knowledge [A2K]: site do movimento “Acesso ao Conhecimento”, que procura promover novos paradigmas para a criação e distribuição da cultura.

Acervo Digital da Unesp: biblioteca digital de teses e documentos publicados na Universidade.

Acesso Livre: portal da CAPES com periódicos, teses, dissertações e outras publicações acadêmicas.

Arquivo Público do Estado de São Paulo: site da instituição que abriga aproximadamente 25 mil metros lineares de documentação textual, um acervo iconográfico com cerca de um milhão de imagens e alguns milhares de rolos de microfilmes.

BiblioFyL: biblioteca digital criada pelos alunos da Universidade de Buenos Aires para disponibilizar o material de consulta acadêmica dos cursos de letras e filosofia.

Biblioteca Digital Brasileira de Teses e Dissertações: integra os sistemas de informação de teses e dissertações existentes nas instituições de ensino e pesquisa brasileiras e estimula o registro e a publicação dessas teses em meio eletrônico.

Biblioteca Digital Gallica [França]: biblioteca digital da Biblioteca Nacional da França. Tem um acervo de mais de 1 milhão de documentos, incluindo livros, manustritos, cartas, imagens, revistas e jornais, partituras, músicas e letras de músicas.

Biblioteca Digital IPB [Portugal]: reúne a produção científica do Instituto Politécnico de Bragança.

Biblioteca Nacional de Portugal: disponibiliza o conteúdo digitalizado da Biblioteca Nacional do país.

Biblioteca Nacional Digital do Brasil: Biblioteca Digital da Fundação Biblioteca Nacional.

Bookshare: disponibiliza livros para pessoas com deficiências visuais.

Brasiliana: projeto referência em digitalização de acervos no Brasil, fica no Universidade de São Paulo.

Cibertecário 0.2: blog sobre bibliotecas, informação e tecnologias, acesso livre do português Eloy Rodrigues, Diretor dos Serviços de Documentação de Universidade do Minho.

Computers Museum: museu virtual alemão dedicado à preservação de jogos de computador.

Consumers International: organização sem fins lucrativos que luta pelo direito à informação e direito do consumidor, no geral.

Curadoria de Memória do Fórum da Cultura Digital: Acervo Digital: blog do Rogério Lourenço dedicado a discutir as grandes questões que envolvem a digitalização de acervos.

Digitaal Erfgoed Nederland: órgão holandês dedicado à preservação do patrimônio cultural.

Digital Book World: comunidade de discussão sobre livro digital e bibliotecas na rede.

Digital Strategies for Heritage: conferência bienal realizada na Europa pelo órgão de proteção ao patrimônio holandês sobre digitalização de acervo.

Domínio Público: portal que disponibiliza arquivos em domínio público em português e outras línguas.

Dspace: software para construção de repositórios digitais abertos. É licenciado em Creative Commons.

European Virtual Museum: coalizão de vinte e sete museus europeus que exibe pela Internet artefatos da história das antigas civilizações européias no formato tridimensional.

Europeana: plataforma de busca que integra diversas bibliotecas digitais europeias.

Fedora-Commons: software para repositórios digitais desenvolvidos por universidades dos Estados Unidos.

Google Books: serviço do Google que procura textos completos de livros scanneados por eles.

Literatura UFSC: fonte primária e gratuita de textos literários do Brasil e Portugal em versão integral.

Livros Raros: projeto de restauração de livros raros dos séculos XVI, XVII, XVIII e XI do Mosteiro de São Bento da Bahia.

Open Access and Institutional Repositories with EPrints: software para criar repositório online de informações, com acervo de textos de diversos países do mundo.

Projeto Gutemberg: primeiro repositório de ebooks.

Rede da Memória Virtual Brasileira: projeto da Biblioteca Nacional que integra diversos acervos sobre a cultura brasileira.

Repositorium Universidade do Minho: acervo de teses e dissertações produzidas na universidade.

Scielo: livraria online de artigos científicos brasileiros.

Teses e Dissertações USP: banco de textos acadêmicos produzidos na instituição.

Wikimedia Fundation: instituição que luta pelo acesso ao conhecimento e compartilhamento de informações pela rede.

World Digital Library: biblioteca digital internacional operada pela UNESCO e pela Biblioteca do Congresso dos Estados Unidos.

Gabriela Agustini | 22/04/2010