Duelo entre Kindle e iPad leva a aplicativo da Amazon “infiltrado”


Um aplicativo da Amazon para o iPad chegou à loja virtual da Apple horas antes da chegada do tablet da empresa de Steve Jobs aos consumidores, que ocorre neste sábado [3].

O software permite que os usuários do tablet também leiam livros direcionados ao leitor eletrônico Kindle, da Amazon, considerado justamente seu rival.

Isso parece representar uma cautelosa aceitação pela Amazon do ditado “Se não se pode vencê-los, junte-se a eles“.

O tablet iPad, da Apple (dir.) e o rival Kindle, da Amazon (esq.), que competem no mercado de e-books

Apesar de analistas indicarem que o Kindle, especialmente em seu mercado de menor porte, não deveria ser substituído pelo iPad, a livraria virtual Amazon mostrou não querer arriscar.

Afinal, ao menos é certo que a Apple é boa em chamar a atenção. Desde o fim de agosto de 2009, o mercado se agitou com rumores sobre o lançamento do produto pela empresa.

Tanto que, durante a feira de tecnologia Consumer Electronics Show [CES], em Las Vegas, várias empresas resolveram mostrar tablets concorrentes.

Além disso, no princípio, a própria Amazon reagiu, abrindo o Kindle para aplicativos e oferecendo mais dinheiro para autores e editoras.

No meio do caminho, a Amazon também internacionalizou seu modelo grande, o DX, de tamanho parecido ao do iPad.

Está disponível na loja virtual da Apple um aplicativo da Amazon para ler livros voltados ao Kindle

Folha Online | 03/04/2010 | 08h33