O futuro, a quem pertence?


Nos corredores editoriais o zum-zum varia de empolgação a desinteresse, de previsões animadoras a apocalípticas. Fora do Brasil, e-Books e e-Readers já são realidades que alteraram os processos contratuais, produtivos e comerciais do mercado editorial. Em solo tupiniquim, só agora o povo do livro começou a dar maior atenção ao assunto – com boas exceções, como sempre. E o Kindle chegou por aqui também. Com curadoria e produção da jornalista e produtora cultural Valéria Martins e da escritora e professora Suzana Vargas, diretora da Estação das Letras, e com patrocínio da Oi, rola no Rio de Janeiro no Oi Futuro em Ipanema [Rua Visconde de Pirajá, 54. Tel.: 21 3201-3010] nos dias 16, 18 e 19/11 o seminário Livro@Futuro.com. A proposta do evento é discutir o futuro do livro como produto e objeto de consumo frente à revolução provocada pelos leitores digitais, com a participação de profissionais de todos os segmentos do mercado editorial e representantes da criação literária nacional. Divididos em três mesas, os debatedores serão a professora Heloísa Buarque de Hollanda, Murilo Marinho, o economista Fábio Sá Earp, Rui Campos, da Livraria da Travessa, a agente literária Lucia Riff, o editor Carlo Carrenho, um entusiasta do ebook, o artista e poeta Michel Melamed, o crítico literário Ítalo Moriconi e a escritora Ana Paula Maia. Todos os dias à tarde, haverá workshops com atividades de criação literária na internet.

Confira no PublishNews a programação completa do seminário.

PublishNews – 11/11/2009 – Por Ricardo Costa